‘Está sendo um sacrifício morar aqui’, diz moradora do setor lago azul de Filadélfia

(0) Comentários

https://jft.news/69P8X

‘Está sendo um sacrifício morar aqui’, diz moradora do setor lago azul de Filadélfia
Rua Pedro Ludovico, Filadélfia-TO. — Foto: Luzivaldo/Jornal de Filadélfia

Compartilhe


Moradores do setor lago azul da cidade de Filadélfia-TO denuncia o abandono da administração pública no setor, que atualmente está passando por uma situação bastante triste. Os moradores estão adoecendo devido as poeiras provocada pela a passagem de caminhões que passam por lá para chegar até a balsa PIPES que faz travessia para Carolina-MA.
A falta de orientação aos caminheiros e a falta de pavimentação nas ruas do setor, faz que o povo sofram muito com as poeiras.

No setor lago azul não tem sequer uma rua pavimentada. Na imagem abaixo você pode conferir como é a rua, quando tem muitos caminhões trafegando ou até mesmo só um, a poeira é intensa, prejudicando a saúde de quem mora ali.

foto
Rua Pedro Ludovico, onde os veículos trafegam para chegar até a Rua da Lagoa — Foto: Luzivaldo/Jornal de Filadélfia

O Jornal de Filadélfia conversou a dona Maria do Carmo, uma senhora, moradora do setor lago azul, ela disse que está sendo um sacrifício morar lá e conta a redação um pouco do sofrimento.

“Está sendo um sacrifício morar aqui, é muita poeira, estamos engolindo poeira, nós estamos adoecendo e não temos condições de pagar um hospital particular, o hospital daqui não tem recursos, tem que ficar saindo pra fora pra fazer uma consulta. As vezes você não pode nem sair pra fora de casa, as crianças adoecem, é assim.”

Maria do Carmo, moradora do setor lago azul.


Dona Maria falou sobre o volume de carros que passam por lá, que além de gerar poeira, estão passando em alta velocidade, arriscando a vida das crianças que brincam na rua.

“Aqui está passando muito carro e também muito ligeiro, tem crianças na rua e fazem muita poeira. Nós queremos que o prefeito arrume a rua, para melhorar a qualidade de vida das pessoas do setor. A situação dessa rua aqui, está precária, está muito difícil.”, continuou.


foto
Rua da Lagoa, leva até a Balsa PIPES, que faz travessia para Carolina-MA — Foto: Luzivaldo/Jornal de Filadélfia

O setor lago azul é lembrado apenas em época de eleição, após as eleições é esquecido completamente. O setor fica localizado em um dos melhores lugares da cidade, porém é o mais pobre e é utilizado apenas para marketing político, pois sempre prometem coisas até hoje o setor permanece do mesmo jeito. Os moradores querem apenas que a gestão olhe para eles e arrume as ruas.

Em 2018, por uma determinação do Ministério Público Estadual do Tocantins, obrigou a prefeitura a fechar a rua da lagoa para não passar caminhões, foi pedido feito pelo os moradores, que sacrificaram o seu direito de "ir e vir" para poder respirar melhor. Para a dona Maria, foi a melhor época para os moradores do setor enquanto estava bloqueada.

“Quando estava bloqueado, era muito bom aqui, reduziu a poeira, os carros não passava por aqui. Eles passavam pela a outra rua [Rua Quintino Bocaiúva e Rua Pedro Afonso]”.


Antes de finalizar a entrevista, a Dona Maria lembrou que sua neta havia ficado doente e ela levou para Carolina-MA para poder consultar.

“Uma vez que eu viajei minha netinha ficou doente, quando eu cheguei ela ainda estava doente. Levamos no hospital de Carolina-MA, o povo daqui do setor, a maioria estão indo se consultar em Carolina. Lá eles descobriram que o pulmão dela estava infeccionado por causa da poeira, né? Então pra mim isso tem que melhorar. Estamos sofrendo e adoecendo”. Finalizou, dona Maria.


foto
Foto: Luzivaldo/Jornal de Filadélfia

Outro morador chamado Tony Dias, pediu que a prefeitura faça alguma coisa para poder conter a poeira.

“Quando bloquearam a rua para não passa carros por causa da poeira no lago azul, foi o melhor tempo para nós. Desde da retira da barreira, nós estamos sofrendo, até hoje nossas crianças e idosos sofrem com a poeira. Por favor! Faça alguma coisa”, implorou.


Nota da prefeitura


A Prefeitura de Filadélfia respondeu aos questionamentos do Jornal de Filadélfia e disse que “as ruas do setor lago azul estão completados em um convênio da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (SUDAM)” e também que o projeto está em fase de licitação”. Leia a nota na íntegra:

As ruas da lagoa, estão contempladas em um convênio da SUDAM, onde as mesmas já receberam visita técnica dos engenheiros da empresa e agora está em fase de licitação”.

Bônus


O vídeo abaixo que circula pela as redes sociais mostra um pouco mais sobre a situação do setor lago azul. Assista:
Vídeo: Reprodução/Facebook

Tags : Lago azul, setor lago azul, Filadélfia, poeira, abandono, travessia.

Ao clicar em "comentar", você declara que leu, entendeu e concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Back to Top