Marcelo Miranda e irmão completam um mês presos

(0) Comentários

https://jft.news/3PdqR

Marcelo Miranda e irmão completam um mês presos
Marcelo Miranda (MDB) na saída do IML de Palmas — Foto: Guilherme Lima/TV Anhanguera

Compartilhe


As prisões do ex-governador Marcelo Miranda (MDB) e do irmão dele, José Edmar Brito Miranda Júnior, completam um mês neste sábado (26). Eles foram presos em setembro, junto com o pai deles, suspeitos de integrar um suposto esquema criminoso que teria desviado R$ 300 milhões dos cofres públicos. As prisões ocorreram durante a operação 12º Trabalho da Polícia Federal.

O ex-governador está preso em uma cela no Comando Geral da Polícia Militar. O irmão dele foi colocado em uma sala especial da Casa de Prisão Provisória de Palmas. Apenas o pai deles, Brito Miranda, conseguiu deixar a cadeia, após pagar uma fiança de 200 salários mínimos.

Marcelo Miranda teve a liberdade negada por três instâncias: a Justiça Federal do Tocantins, que manteve a ordem de prisão, o Tribunal Regional Federal da 1ª região (TR1) e o Superior Tribunal de Justiça (STJ) – os dois últimos negaram pedido de liminar feito dentro de habeas corpus. Brito Junior teve os pedidos negados nas duas primeiras instâncias.

O advogado da família Miranda informou que espera o julgamento de uma reclamação feita diretamente ao Supremo Tribunal Federal (STF) e dos dois habeas corpus, de Marcelo Miranda e Brito Miranda Júnior, que ainda não tiveram o mérito apreciado pelos desembargadores dos TRF1.

Fonte: G1/TO

Tags : Marcelo Miranda, operação trabalho, policia federal.

Ao clicar em "comentar", você declara que leu, entendeu e concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Subir para o topo