Após 4 anos na fila, criança tem cirurgia cancelada por falta de agulha em hospital público

(0) Comentários

https://jft.news/JPOSD

Após 4 anos na fila, criança tem cirurgia cancelada por falta de agulha em hospital público

Compartilhe


Uma criança de 5 anos teve uma cirurgia cancelada no Hospital Materno Infantil de Gurupi, na região sul do Tocantins. De acordo com a mãe do paciente, a criança estava há quatro anos na fila de espera, foi internada, mas teve o procedimento cancelado por falta de agulha pediátrica. A informação é do portal G1 da rede Globo.

Niely Barroso, mãe da criança, conta que o filho precisa fazer uma cirurgia para retirar uma hérnia da virilha. Após uma espera de quatro anos, a criança foi chamada para fazer o procedimento pelo SUS. O garoto ficou mais de 15 horas em jejum e deu entrada no hospital, mas na hora de entrar na sala de cirurgia foi dispensado.

Segundo a mãe, os profissionais disseram que na unidade não havia agulha própria para aplicar anestesia, e por isso, o procedimento estava sendo adiado. "Quando foi 10h, ele ainda em jejum, fui entregar ele para o anestesista e ele me avisou que não poderia fazer a cirurgia por falta de agulha pediátrica. E essa falta já tem mais de um mês", reclamou.

O garoto teve alta e agora a mãe não sabe quando o filho será chamado novamente. "O que me falaram foi isso. Para eu esperar de novo. Já tem 4 anos que eu espero por essa cirurgia".

O outro lado


A Secretaria Estadual da Saúde informou que as unidades hospitalares do estado estão abastecidas com insumos e medicamentos de rotina padronizados. Disse ainda que os pacientes que tiveram cirurgias canceladas por causa desse problema foram reagendados.

A Secretaria não deu previsão para a resolução do caso citado na reportagem.

Fonte: G1

Tags : Mauro Carlesse, Gurupi, Hospital Materno Infantil de Gurupi, falta de anestesia.

Ao clicar em "comentar", você declara que leu, entendeu e concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Back to Top