Preso esquartejado no presídio Barra da Grota é identificado

(0) Comentários

https://jft.news/67h2U

Preso esquartejado no presídio Barra da Grota é identificado
Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Compartilhe


O preso que foi esquartejado dentro do presídio Barra da Grota, em Araguaína, foi identificado como Aristeu Ribeiro Filho, 38 anos. O corpo dele foi encontrado dentro do pavilhão B da unidade e levado para o IML de Araguaína. O preso tinha diversas passagens por roubo e associação criminosa e possuía pelo menos duas condenações na Justiça do Tocantins.

A Secretaria de Cidadania e Justiça (Seciju) informou que instaurou um procedimento administrativo disciplinar para apurar a morte. Afirmou ainda que a Polícia Civil foi chamada para fazer os exames periciais.

Esta foi a terceira morte dentro de uma unidade prisional do Tocantins em quatro dias. Na última sexta-feira (2), Ademirde Pereira da Silva foi encontrado morto na Casa de Prisão Provisória de Gurupi, na região sul do estado. Ele ficou na unidade menos de três dias após ser preso suspeito de estuprar e torturar a própria ex-namorada.

No domingo (4), o preso Gernilson Vieira de Sousa, de 35 anos, foi encontrado morto dentro do pavilhão A da casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP). O homem estava com uma corda artesanal amarrada no pescoço e marcas de perfurações no tórax.

Em relação a essa sequência de mortes em unidades prisionais, a Seciju afirmou que todas estão sendo apuradas e "não há provas de que estão relacionadas."

A Secretaria afirmou também que tem trabalhado na modernização do Sistema Prisional tocantinense e adotado novas tecnologias e equipamentos que possam aperfeiçoar a custódia, como body scanns e bloqueadores de sinal de celular.

"A Seciju junto às outras Forças de Segurança do Estado, com as metas estabelecidas pelo Plano Estadual de Segurança e Defesa Social do Tocantins (PESSE), estão empenhadas para garantir a segurança das unidades prisionais e de toda a população tocantinense", diz nota.

Fonte: G1/TO

Tags : Preso esquartejado, barra da grota, presídio, Aristeu Ribeiro Filho.

Ao clicar em "comentar", você declara que leu, entendeu e concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Back to Top